.

1 2 3 4 5

19 de fevereiro de 2014

Postado por Monique | Marcadores: , , ,

 Antes de mais nada, quero deixar claro que esse post não deve ter teor ofensivo. Caso você se sinta ofendido, parabéns, você é um idiota. Tudo aqui me custou mais de cinco horas e não quero ver meu trabalho reduzido a um "tira, achei ofensivu", e saiba que eu mesmo me aliterei em alguns dos tipos de fãs - sou o  perturbado e o cereau-killer.
Se tiver sugestões de acrescentar algum tipo de fã, realmente adoraria que postasse nos comentários. O post pode muito bem ser 11 tipos de fãs de terror, por que não?
Enfim, que tipo de fã de terror você é?


1 - O cético
Até hoje ninguém sabe porque diabos esse cara se diz fã de terror, já que tudo o que faz é contestar a veracidade de tudo, desde relatos pessoais a Creepypastas. Todo mundo sabe que Creepypastas são de índole duvidosa e essa é a maior graça das mesmas; pessoalmente não conheço alma viva que deposite toda a sua fé na veracidade delas. Quanto aos relatos, os céticos mais educados sabem que chamar o narrador de mentiroso descaradamente e sem nenhum escrúpulo é indelicado, portanto procuram apontar explicações "lógicas" (muitas vezes mais surreais que os próprios fenômenos) para explicar os fatos. As explicações variam de simples delírios sofridos pelo protagonista em questão à conspirações em massa ou existência de passagens secretas, como afirmam ser o caso do misterioso vídeo moscovita do Túnel de Lefortovo.
Os céticos têm o bom-senso de afirmar que o narrador é louco, drogado e retardado, mas não mentiroso, embora os céticos tenham certeza disso no âmago. Ao menos eles são educados, certo?


2 - O informado
Provavelmente um super CDF nos anos letivos ou simplesmente um desocupado, o informado é relativamente neutro em relação à veracidade dos fatos, o importante para ele é evidenciar o quanto ele sabe de todos os detalhes dos casos. Provavelmente não sabia nada de tal assunto até se deparar com uma discussão ou post acerca de tal, e aí pesquisa até no inferno e se recusa a mostrar uma faceta de leigo perante os outros, muitas vezes chegando a inventar ou superestimar alguma informação. Por exemplo, sabemos que Jeffrey Dahmer matou 17 rapazes; ele dirá que matou 27. Se alguém pegá-lo na mentira, sua saída é simplesmente dizer que achou essa informação num alfarrábio das Ilhas Salomão escrito em Aramaico com palavras em Tanema, e todas as outras fontes estão erradas e quem o contestou é um burro parvo e ignorante.
Embora rara, há a possibilidade do informado não encontrar nada relevante acerca de algum fato sequer pesquisando em Chemehuevi e não está com espírito para inventar algo. Então, ele admite que se trata de um acontecimento instigante, mas antes faz questão de citar bilhões de casos e teorias nos quais pensou a respeito (com o intuito de exibir sua vasta gama de conhecimento) antes de finalmente concluir que não há explicação para alguma o fato.


3 - O cereau-killer
É uma pessoa que raramente toma banho mas tem certeza que cometeria assassinatos perfeitos e limparia minuciosamente todas as evidências dos crimes; não penteia o cabelo e se diz perfeccionista. Ele é adepto da crença de que toda a maldade e tudo a se temer parte de fontes humanas. Seu objetivo de vida é ser amigo do Charles Manson e iniciar uma onda de assassinatos épicos onde a polícia jamais descobrirá o autor e ele nunca será preso, mas todo mundo saberá que ele é o assassino e o temerá, de modo que possa se exibir para os amiguinhos.
Provavelmente vítima de Bullying e traumas mais ou menos brandos, afirma com convicção que ninguém jamais o viu bravo de verdade e está apenas aguardando friamente o momento de explodir - momento no qual supostamente se vingará de tudo e todos que sequer têm relação com seu passado.
O cereau se acha o ser mais malvado que já pousou na face da Terra, e os únicos que poderiam compreendê-lo jazem em tronos de ouro ao lado do do capeta; Chikatilo, Bundy, Dahmer, Ramirez, Nilsen...


4 - O crente
Seu objetivo de vida é te converter. Vive tacando a bíblia na cara de todo mundo e tudo acontece porque o mundo vai acabar e somente eles sobreviverão no Paraíso. Figura muito presente no Yahoo Respostas, sempre estão lá para brigar e defender com unhas e dentes sua crença. Basicamente oposto ao cético, de forma que se assemelhe a este em muitos aspectos, visando que suas diferenças culminam exatamente no mesmo ponto: o fanatismo. Ambos bolam situações cômicas e pouco plausíveis limitadas às suas crenças (ou falta de, no caso dos céticos) para justificar fenômenos muitas vezes triviais. São como índios atribuindo a chuva aos deuses.
Quando digo "crente" não me refiro exclusivamente aos cristãos, mas também a satanistas modernos de Lavey, espíritas, adoradores dos reptilianos, do espaguete monstro voador ou ainda seguidores de alguma religião criada pelos mesmos. O fato é que o crente é um ser extremamente egocêntrico que acha que você, caro cidadão com opinião diferente à dele, está plenamente errado e provavelmente pagará por tal pecado queimando no árduo fogo da ignorância. Você é um idiota, e eles adoram enfatizar isso em cada parágrafo que invariavelmente escreverem em caixa alta, já que têm sérios problemas com o caps lock.


5 - O Chico-Xavier
Peça relativamente rara que se extinguiu consideravelmente após a queda do Orkut, mas ainda podemos encontrá-lo aos montes em sites que acoplam "simpatias" e "amarrações". O Chico-Xavier é um cidadão que passa dos quarenta anos e se acha muito, mas muito mais sábio que nós, jovens com geleia no lugar do cérebro que nada percorreram da longa estrada da vida - porque uns dez anos fazem muita diferença a ponto deles nos tratarem como analfabetos funcionais, claro.
Essa figura se assemelha muito ao crente, mas merece ser citada separadamente por carregar diversas peculiaridades... Falam de energias e vibrações como se fosse obrigação de todos saberem tudo a respeito disso. Parecem acreditar piamente em qualquer relato sobrenatural, teorias de conspiração e apocalipse, e a culpa de todos os males do mundo é o Karma. Têm um sério problema com o caps lock, pois sempre em letras maiúsculas. Minha dica: não tente dialogar com eles, pois eles simplesmente não leem o que você diz, e mantem-se num tipo de monólogo onde enfatizam que os espíritos e Exus estão descontentes com alguma coisa e o fim do mundo está próximo.


6 - O jovem entusiasta
Geralmente adolescentes fãs de rock e videogame, compõe a maior parte dos leitores de Blogs, são fanáticos por Creepypastas e adoram violência gratuita. Filhos de uma geração sem escrúpulos, acham da hora sangue nas telas e tiram fotos de cachorros atropelados na rua, mas certamente vomitariam a vesícula biliar se vissem pessoalmente Chikatilo organizando placidamente uma de suas cenas de crime.
Se dizem ateus ou agnósticos mas mal sabem diferenciá-los. No geral são pacatos, não procuram briga perante discussões instigantes, e em blogs e vídeos se limitam a comentários do tipo"lolz xD" e "nosa vei tensoO.o". São comentários que servem para nada mais do que deixar claro aos autores de posts que a árdua matéria na qual literais horas foram empregadas foi lida e devidamente reconhecida, como podemos perceber através de um agradável e bem quisto "fodaa xD".


7 - O Aleisteir Crowley
Trata-se de um neófito que se acha Abramelin e parece crer que realmente não há ninguém na face da Terra com intelecto o bastante para perceber que ele é um idiota que ilude a si mesmo e tenta iludir os outros, fingindo ter poderes que não têm, ou superestimando as ínfimas proezas que atingiu através do Ocultismo que começou a praticar no máximo há uns dois meses, estudando diretamente do Morte Súbita.
Muitas  vezes tido pela própria comunidade Ocultista como esquizofrênico em potencial, diz ser reencarnação de algum mago famoso e ama ameaçar outras pessoas com promessas de que seu Daemon particular está atento ao que falam dele pelas costas e diz que ontem choveu porque ele ordenou a Leviathan. Usa sua "mediunidade" para "prever" coisas do tipo "sinto energias negativas vindo de você", "você gosta de se divertir", "você sente saudades de alguém", e no geral te trata como retardado. Adora contar a quem não quer ouvir sobre as últimas proezas que realizou no seu ritual que ao mesmo tempo é cerimonial e enochiano, estuda Qabbala ocidental, faz pose de misterioso e se diz hermetista, satanista e caoísta ao mesmo tempo em que é discípulo do Crowley. Em suma, é seu próprio Deus, mas reza à Belial e Lucifer e vibra A Cabra Preta Milagrosa de São Cipriano.



8 - O otaco
Muito parecido com o jovem entusiasta, o otaco é um adolescente fanático por Creepypastas e violência gratuita, com o diferencial de achar que é sangue aquele negócio vermelho que sai dos personagens kawaiis dos desenhos japoneses. É super fãs de desenhos sanguinários como Higurashi no Naku Koro ni, Another e Mirai Nikki e se diz tão malvado e sedento por tripas que poderia muito bem se encaixar nos cereaus-killers, não fosse o fato de ser ainda mais patético que este, por se tratar de parvo medroso iludido que acha que assassinos são fofos que nem a Yuno-chan. Fã de carteirinha de personagens de Creepypastas, se dotado de alguma ínfima capacidade motora se arrisca a retratá-los em versões de mangá que geralmente distorcem totalmente a estética do personagem de modo a deixá-lo parecendo um protagonista de anime.
Confunde o medo com o legal, pois é de prado dizerem "foda *-*" ao verem uma cena supostamente bizarra num desenho ou após lerem uma  Creepypasta, sendo a reação natural do medo plenamente diferente da admiração que este aparentemente exerce sobre os otacos.


9 - O trevoso
Góticos, góticos... alguém já viu um de verdade? Muitos dizem saber o que eles são e como são, mas... na verdade são só ideias superficiais e estereótipos. Na mente dos seres viventes da caverna, góticos são emos que não querem se assumir e dizem que gostam de morcegos, cemitérios e vampiros, mas no fundo são tão frescos quanto. É exatamente esse o caso do trevoso! Esse tipo de gente idolatra Evanescence, Epica e Nightwish e acha que a Amy Lee é Deusa e que a Simone Simons é a melhor cantora de Ópera do Mundo, assim como a Tarja Turunen.
As regras para ser um trevoso consistem em adorar vampiros do século XXI (a excluir as últimas edições das Crônicas Vampirescas de Anne Rice, que se iniciaram em 1976 e foram supostamente findadas em 2003), ser triste, tirar fotos em cemitério, adorar a morte, fingir que se corta quando na verdade se risca com a lâmina da bic, "tentar se matar" dez vezes e "misteriosamente" jamais conseguir, adotar alguma religião de nome trevoso... Enfim, seja uma garota de dez anos mentais fã de trevosidades e finja que não tem vertigens ao ver sangue. Sangue é legal. Vale citar que, se um dia encontrar com um gótico de verdade ou ouvir um trecho de Bauhaus, ficará com nojo e medo no mesmo instante.


10 - O perturbado
Figura trágica regada a muita literatura e doses cavalares de filmes experimentais e David Lynch, seu objetivo de vida é morrer, preferencialmente de tuberculose. Tem um singelo complexo de superioridade que o impede de ver terror em outras formas de expressão se não o bisonho e insano nível com o qual está acostumado - pode ser considerado o cult intelectualóide preconceituoso entre os fãs de terror. Despreza violência gratuita e desdenha tudo que não é doentio ou reflexivo o bastante, geralmente se focando em horror psicológico e coisas que pouca gente teria paciência de ver (Begotten) com o intuito de derreter suas entranhas. Vive se chapando de cigarros, café, analgésicos, remédios para dormir ou qualquer outra coisa que o tire da realidade, visto que os pensamentos doentios nunca deixam sua mente senão por interferências químicas.
Em relação à literatura é fã de Lovecraft, Maupassant, Dickens, Poe, vampiros da velha vanguarda, e tem um sério problema em se achar escritor, sendo que nada faz senão regurgitar palavras desconexas num maço de papel manchado de café velho e aguado e achar que elas fazem muito sentido a ponto dele se sentir o próprio Baudelaire. Desse modo, obviamente despreza os pobres Stephen King, Lars von Trier, Tim Burton, etc, que estão ganhando toneladas de dinheiro enquanto o perturbado se acha intelectualmente superior a eles.
No geral é um pobre solitário sem nenhum amigo vivo, muito parecido com o cereau na solidão, pois os únicos que poderiam compreendê-lo também jazem em tronos de ouro ao lado do do capeta - escritores melancólicos mortos de tuberculose em algum século longínquo.

23 comentários:

  1. Respostas
    1. Não me surpreende, sua malvada1!1! Te amo.

      Excluir
  2. Não sou fá de filmes de terror, mas acho mto divertidos; seja pelos sustos q causam ou pela falta forma tosca como alguns são feitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Terror tosco é muito bom, heheh! Anos 80 na veia!

      Excluir
  3. Nada a ver a "descrição dos góticos".... eu tenho a alma gótica e sou tão limpa quanto....bom deixa pra lá...enfim.... estuda mais, pra não falar besteira honey... quem disse que Evanescence é gótico!?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EXATAMENTE!!!!
      O "trevoso" não é gótico, é basicamente um cara que nunca ouviu falar de Bauhaus e conhece True Blood como sinônimo de vampirismo. Existem aos montes no antro de fãs de horror, pode acreditar...
      Se uma das opções for considerada "gótica", a mais próxima indubitavelmente é "o perturbado" - embora os tenha satirizado e posto às troças, de modo a não parecer "injusto" perante os outros estereótipos, visando que EU sou gótico.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Super interessante. Acho o "O Cereau-killer" e "O Crente" os piores... rs

    http://quandotahescuro.blogspot.com.br/
    Tenha um bom fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por opinar. Acho que os piores são independentes do tipo em questão, e estão mais relacionados á "assiduidade" do fã.

      Excluir
  6. Também existem fãs de terror que se encaixam em duas um mais classificações. É comum ver um Otaku (8) que tem um pouco de "jovem entusiasta" (6).

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. No quesito fanatismo sim, chega a se igualar aos"crentes". Hahaha.

      Excluir
  8. Respostas
    1. Sim, foi escrevendo enquanto olhava para um espelho, amor! lfçdsflçds.

      Excluir
  9. Tudo o que vc diz aqui...é opinião sua, assim como vc disse sobre os "Chico Xavier" Acha que sabe tudo....kkkk Deveria ter frisado que é puramente opinião sua!
    Cada um tem sua interpretação e sua opinião das coisas e das pessoas....
    Em fim....! Mais um tipo de fãs do terror??? "O psicólogo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim!! Sou quase um Chico Xavier levando para o lado egocêntrico, hehhe!
      Sim, poderia ter frisado mais, mas acho que o pequeno alerta no primeiro parágrafo já é de valia referente ao fato de nada aqui escrito ter quaisquer teores ofensivos. Uma prova disso é o fato de ter me descrito descaradamente em dois estereótipos - quem me conhece, sabe. lol
      Oh, o psicólogo parece bom, se importa em dar um ou outro detalhes do estereótipo? Penso em fazer uma segunda postagens dos tipos de fãs. )) Obrigado pelo comentário bastante opinativo!

      Excluir
  10. Que loko vei! Adorei essa parada ai, fod444 *-*!!!

    Na real, gostei mesmo do texto... parabéns... me identifiquei com 5 da lista e me irritei legal com sua precisão crítica.

    Parabéns ai e espero que você morra de diarreia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fique irritado, também tenho um senso parapsicológico bastante aguçado, hehe. Muitíssimo obrigado pelo comentário, de verdade. É para ler coisas como "espero que você morra de diarreia" que mantenho este blog - faz eu ver que o leitor interagiu com o post e realmente o leu. ♥ Obrigado e seja sempre bem vindo, Chicão!

      Excluir
  11. Espaguete Monstro Voador, essa é a minha nova religião

    ResponderExcluir

Escreva, monstrinho.